Voltar ao topo.Ver em Libras.
Biasoli Indústria & Comércio
logo bandeira seven brasillogo bandeira da espanha

Biahorse CDA - Suplemento Mineral e Vitamínico para Equinos#

Nome oficial:Biahorse CDA - Suplemento Mineral e Vitamínico para Equinos

Descrição completa#

BIAHORSE CDA é um suplemento mineral e vitamínico para equinos nas fases de reprodução, cria, lazer, manutenção e sanidade. 

BIAHORSE CDA é um produto rico em cálcio e vitaminas, indicado para misturar com aveia para corrigir o balanço invertido de cálcio e fósforo, além da deficiência de vitaminas. Sua formulação contém probiótico e prebiótico, minerais quelatados como: selênio, manganês, cobre, cromo e zinco, carbonato de cálcio, vitaminas e MOS. Além disso, contém enzimas essenciais que favorecem uma melhor absorção dos nutrientes presentes na ração e dieta dos equinos. Além disso, o produto ainda é composto de algas marinhas – Lithothamnium (mineral orgânico e altamente biodisponível), com grande disponibilidade de cálcio, magnésio e microelementos essenciais presentes na parede celular das algas. 

INDICAÇÃO DE USO:

Suplemento mineral e vitamínico para corrigir as deficiências da aveia, transformando-a em uma ração balanceada para equinos nas fases de reprodução, cria, lazer, manutenção e sanidade.

MODO DE USAR DO PRODUTO:

Misturar o produto com a aveia.

Misturar 25 gramas de BIAHORSE CDA para cada 1 kg de aveia. 

NOTA¹: Produto para corrigir a deficiência da aveia em qualquer quantidade ou fase citada acima.

NOTA²: Este fornecimento poderá ser alterado a critério do Responsável Técnico.

OBSERVAÇÃO¹: Para cada animal é estimado um consumo aproximado de +/- 4 Kg de aveia por dia, ou seja, neste consumo de aveia o animal irá consumir 100 gramas de BIAHORSE CDA por dia, ou 3 Kg de BIAHORSE CDA por mês, desta forma, o consumo do BIAHORSE CDA fica viável. 

APRESENTAÇÃO DA EMBALAGEM:

Saco Plástico de 10 e 20 Kg.

BENEFÍCIOS DO PRODUTO:
• Corrige as deficiências da aveia (em qualquer quantidade ou fase do animal acima citada);
• Produto barato e de baixa inserção, transformando a aveia em uma ração balanceada.
• Melhora a digestibilidade na dieta composta por aveia e fontes de fibra (ex.: pastagem capineira, feno, etc.).

RESTRIÇÕES E OUTRAS RECOMENDAÇÕES DO PRODUTO:

O produto é adequado apenas para equinos nas fases de reprodução, cria, lazer, manutenção e sanidade.
• Este produto não deve ser usado como única fonte de alimento para os equinos.
• Uma dieta com fonte de fibras de alta qualidade é indispensável para a boa nutrição do seu equino.
• Este produto corrige as deficiências de uma aveia de boa qualidade não tendo o efeito desejado no caso de uma aveia de baixa qualidade.
• Esta dieta de BIAHORSE CDA com aveia (25 gramas de BIAHORSE CDA para cada Kg de Aveia) pode ser associada com outras fontes de alimentos como: rações, outros suplementos e forragens.

NOTA¹: Este produto não dispensa o uso de um sal mineral para equinos de excelente qualidade.

NOTA²: Deve ser manipulado cuidadosamente evitando-se o contato com pele e olhos. Utilizar de forma adequada os equipamentos de segurança (luvas, máscaras, óculos, etc.). Manter a embalagem bem fechada após o uso. 

FUNÇÕES DOS PRINCIAPIS INGREDIENTES UTILIZADOS NA FORMULAÇÃO DO BIAHORSE CDA:

Levedura Inativa de Cana: É uma levedura 100% de células de Saccharomyces cerevisiae,  resultante da fermentação do caldo de cana de açúcar, e tem uma importância significativa na alimentação, não somente por causa do seu alto valor nutricional, mas também por causa de seu efeito profilático. 

Algas marinhas (Lithothamnium): mineral orgânico e altamente biodisponível, com grande disponibilidade de cálcio, magnésio e microelementos essenciais presentes na parede celular das algas. 

Betaglucanos + Mananoligossacarídeos: É um aditivo prebiótico rico em Betaglucanos e Mananoligossacarídeos (MOS), derivado de uma cepa especialmente selecionada de levedura Saccaromyces cerevisae, que previne a colonização por bactérias patogênicas no trato gastro intestinal, estimula o crescimento de lactobacillus e intensifica a ação fagocíta de anticorpos, formando assim uma parede imunológica contra doenças. A combinação desses efeitos são traduzidos em alta taxa de crescimento, menor mortalidade e maior eficiência alimentar.

Carbonato de Cálcio: Produto é rico em cálcio, é importante para o crescimento e reparação da saúde óssea. São essenciais na fase de crescimento e desenvolvimento de ossos e tendões dos potros. Na fase final de gestação e lactação a quantidade também deve ser mais alta para que possa ser transmitido para o potro através do aleitamento.

O cálcio também previne problemas de laminites.

Cromo: Suprimir o ETC, reduz o estresse, etc., além de ser um ótimo fator de tolerância à glicose, melhora a performance e o aumento da relação entre a massa muscular/tecido adiposo dos animais submetidos a treinos e a competições.

Zinco: Melhora a imunidade, reduz o estresse, etc., e contribui na formação de queratina.

Selênio: É um ótimo antioxidante.

Cobre: Melhora o crescimento, o sistema imunológico, a fertilidade e a diminuição do risco de doenças ortopédicas.

NOTA: Lembrando que os minerais quelatados são mais biodisponivies.

Biotina: Vitamina do complexo B importante, para o crescimento de animais e microrganismos. 

A biotina protege e melhora a qualidade dos cascos dos animais. Esta vitamina é importante/essencial da substância cimentante intracelular depositada junto à queratina na formação do casco.   

Vitamina B6: Nutriente também é bom para a pele e coração. A vitamina B6 também conhecida como piridoxina compõe o complexo B. Ela é necessária para o funcionamento adequado de mais de sessenta enzimas e essencial para a síntese normal do ácido nucléico e das proteínas.

A vitamina B6 e/ou piridoxina ajuda na conversão de metionina em cisteína, além de auxiliar na criação de queratina. 

Vitamina E: É um termo genérico que abrange várias substâncias, das quais o alfa-tocoferol é a mais difundida, além de ser a forma antioxidante biológica mais ativa nas membranas celulares. A vitamina E é armazenada no tecido adiposo, no fígado e nos músculos.

A Vitamina E protege a fibra muscular do desgaste natural.

Vitamina B1: cujo nome químico é tiamina, tem as seguintes funções no organismo: Importante para o bom funcionamento do sistema nervoso, dos músculos e do coração. Auxilia as células no metabolismo da glicose e sua deficiência causa lesão cerebral potencialmente irreversível.

Tenho interesse e gostaria que me ligassem#

78